Saúde

Secretaria de Saúde divulga nota técnica sobre o sarampo

Fique ligado!


Publicado em: 13/09/2019 18:25 | Fonte/Agência: Ascom | Autor: Ascom

 

 

Diante da situação que se encontra no país em relação ao sarampo, a Prefeitura de Matozinhos, por meio da Vigilância em Saúde informa que segue as recomendações do Ministério da Saúde, reforçadas pela Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais e Regional de Saúde para a prevenção e eliminação deste agravo.

A Vigilância Epidemiológica também esclarece que não há casos notificados da doença em Matozinhos, ou seja, não há circulação do vírus. Portanto, a recomendação do Programa Nacional de Imunização é intensificação da vacinação de rotina e realização de bloqueio, se houver casos suspeitos.

A vacina está disponível em todas as 10 Unidades Básicas de Saúde do município. Para ter acesso, basta comparecer a estes locais levando documento de identidade e, caso possua, levar cartão de vacinação. No caso de viagem para cidades onde estão ocorrendo surtos da doença, os cidadãos devem procurar os Serviços de Saúde Municipal 15 dias antes, para verificar a necessidade de se vacinar.

Além da vacinação o município vem realizando, de forma continuada, a vigilância na detecção de casos suspeitos que tenham sintomas compatíveis com a doença e sua imediata investigação, esta conduta é rotina da vigilância epidemiológica para doenças infecciosas nos serviços de saúde e tem permitido a exclusão de casos com quadro semelhante, como dengue, zika, chikungunya, herpes e outras infecções.

A Vigilância em Saúde salienta que, independente da ocorrência de festas municipais típicas, o trânsito intermunicipal e interestadual de pessoas ocorre continuamente. A vigilância de doenças infectocontagiosas se baseia em ações de prevenção, de vigilância, incluindo manter altas coberturas de vacinação, baseada em protocolos e diretriz oficiais do Ministério da Saúde.

Em 2018, Matozinhos alcançou a cobertura vacinal de 99,95% do público alvo (crianças menores de 5 anos) e, em 2019, no primeiro semestre a cobertura atingiu 113,15% da primeira dose.

Quem deve se vacinar contra o sarampo?

- Dose zero: Devido ao aumento de casos de sarampo em alguns estados, todas as crianças de 6 meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas (dose extra).

- Primeira dose: Crianças que completarem 12 meses (1 ano).

- Segunda dose: Aos 15 meses de idade, última dose por toda a vida.

- Profissionais da saúde devem tomar as duas doses da vacina, independente da idade

- Pessoas vacinadas não devem receber doses extras!

Adulto deve se vacinar contra o sarampo?

- Se você tem entre 1 e 29 anos e recebeu apenas uma dose, recomenda-se completar o esquema vacinal com a segunda dose da vacina;

- Quem comprova as duas doses da vacina contra o sarampo, não precisa se vacinar novamente.

Não tomou nenhuma dose, perdeu o cartão ou não se lembra?

- De 1 a 29 anos - São necessárias duas doses;

- De 30 a 49 anos - Apenas uma dose.